Visto para os Estados Unidos? Conheça cada passo do procedimento!

Precisa tirar o seu visto para os Estados Unidos? Conheça cada passo do procedimento!

Compartilhar

Quem deseja visitar os EUA logo se depara com uma questão que pode ser desanimadora: o visto! Conseguir o visto para os Estados Unidos à primeira vista parece um procedimento complexo e intimidador. Para simplificar tudo isso e ajudar quem deseja viajar, nós trouxemos um passo-a-passo diretamente do Canal Janela 1, que entrevistou o advogado especialista em emissão de visto Calleb Paizante. Vale a pena conferir o vídeo:

O passo-a-passo para tirar o visto para os Estados Unidos vem da pergunta introdutória, que é a mais comum: “do que preciso para fazer a solicitação do visto?” Ou seja, como começar? Veja como é possível passar por todas elas com sucesso se dispondo de tempo, atenção e coerência:

1.Passo: Passaporte Brasileiro

Isso mesmo! Para quem já tem o seu, esta etapa pode parecer óbvia, mas não é. A soliticação do passaporte pode demorar algum tempo e também conta com sua própria burocracia (requer diversos documentos), através do site da Polícia Federal. Além da etapa online, existe também a presencial: é necessário comparecer ao departamento da polícia para tirar a foto e os digitais. O passaporte válido é essencial para dar início a todo o processo do visto, no próprio site da embaixada do governo norte-americano.

2.Passo: Preenchimento do formulário DS160

Este é o nome do formulário necessário para a solicitação do visto, encontrado no próprio site da embaixada norte-americana no Brasil. A partir do preenchimento online deste, é feito o primeiro contato com as autoridades norte-americanas, no caso o cônsul americano. O formulário é a forma com que o cônsul conhece solicitante e suas razões para a viagem, assim como as relações pessoais e profissionais no Brasil. Tudo isso vai interferir na deferência do visto! Erros no formulário ou qualquer forma de incoerência pode comprometer todo o procedimento. O preenchimento do formulário não precisa ser feito em inglês, mas é recomendável que seja – de forma a facilitar a compreensão das autoridades e evitar problemas de comunicação.

3.Passo: Entrevista

A entrevista é a etapa mais temida e mistificada do visto, em parte por falta de informação, em parte por de fato ser uma experiência um tanto quanto intimidadora – lembrando que existe um interesse real por parte das autoridades norte-americanas em descobrir se a pessoa tem intenções de utilizar o visto de turista para emigrar irregularmente. É uma parte fundamental no processo de aprovação do visto, onde o cônsul conhece pessoalmente o interessado no visto. Embora uma certa dose de nervosismo seja natural, ser sincero e objetivo pode tornar tudo mais simples e rápido.  Procure estudar as suas próprias perguntas e focar no necessário, procurando enfatizar com franqueza o motivo da sua viagem e também pontuar suas conexões com o Brasil. Outro dos empecilhos da entrevista é a logística de deslocamento, já que ela é oferecida apenas nos consulados de algumas capitais brasileiras: Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Após decidir o melhor destino, o solicitante deve fazer o agendamento da entrevista.

Mesmo que tudo corra bem até aqui, é importante lembrar que na chegada dos Estados Unidos ainda é possível ser barrado pelos agentes imigratórios.. Uma séries de perguntas é feita no aeroporto, geralmente em torno do motivo fundamental da viagem e dos contatos nos Estados Unidos. Este é mais um aspecto que reforça a necessidade de coesão – transparência, de preferência. Incoerências em seu discurso, podem gerar desconfiança e comprometer a sua viagem. No entanto, é relativamente raro que isso aconteça a esta altura.

A recomendação geral é que você faça cada passo com traquilidade e cuidado, sempre procurando ser honesto e fornecer informações que possam ser comprovadas. Quando o seu visto para os Estados Unidos for aprovado, o cônsul te concederá uma quatidade de tempo de permanência de acordo com os seus critérios.

Depois de conseguir o seu visto, você só terá que se preocupar em fazer as malas e o seu roteiro turístico. Então, boa sorte e boa viagem!

Veja também