INSS: atestado de vida no exterior · Despachante 55

INSS: atestado de vida no exterior

Compartilhar

Aposentados e pensionistas do INSS já sabem que precisam apresentar o atestado de vida anualmente, mesmo morando no exterior. Caso a prova de vida não seja apresentada, o INSS pode suspender o benefício e isso, infelizmente, é mais comum do que você imagina. Durante a pandemia, o governo chegou a suspender a obrigatoriedade da apresentação do atestado de vida, mas a regra foi retomada a partir de junho de 2021.

Você sabe como emitir o atestado de vida do INSS no exterior? Leia este post até o final e conheça duas formas de fazer isso.

Até quando devo apresentar o atestado de vida?

Antes de tudo, você precisa saber que após a retomada o INSS estabeleceu as datas limites de apresentação do atestado de vida de acordo com o vencimento da última prova de vida (inclusive para aqueles que moram no exterior).

INSS: calendário atestado de vida no exterior
INSS: atestado de vida no exterior – Disponível em: https://www.gov.br/pt-br/noticias/assistencia-social/2021/07/inss-amplia-calendario-de-prova-de-vida-ate-2022

Como solicitar o atestado de vida do inss no exterior

Agora que você já sabe até quando precisa apresentar o atestado de vida, vamos te mostrar duas alternativas para você emitir esse documento morando no exterior. Mas tenha muita atenção: os dois processos podem demorar muito e, se possível, você deve preparar tudo com no mínimo 3 meses de antecedência para evitar contratempos.

No consulado brasileiro

Para solicitar o atestado de vida nos Estados Unidos o primeiro passo é verificar o procedimento no site do Consulado que atende a sua região. Isso porque podem haver regras diferentes de Consulado para Consulado e é importante ficar de olho nisso. Entretanto, via de regra, o processo é o seguinte:

  1. Você deve preencher o formulário de atestado de vida (disponível no site do Consulado);
  2. Comprar uma Money Order USPS no valor de US$ 5;
  3. Informar seus dados e anexar os documentos exigidos na plataforma e-consular;
  4. Aguardar o consulado aprovar o processo e agendar seu atendimento;
  5. Comparecer no dia e hora marcada seguindo as orientações fornecidas no e-consular.

No Departamento de Estado

  1. O primeiro passo é preencher o formulário de atestado de vida fornecido pelo INSS;
  2. Depois, esse formulário deve ser assinado em frente a um notário público local;
  3. Por fim, o formulário autenticado pelo notário deve ser enviado para o departamento de estado para ser apostilado.

O formulário deve ser apostilado no Departamento de Estado do local onde foi emitido. Se você notarizou o formulário no estado de Nova York, o apostilamento não pode ser feito na Flórida, por exemplo.

Depois de pronto

Depois que o Atestado de vida estiver pronto, basta encaminhá-lo por correio para o órgão competente (no caso o INSS) e acompanhar a entrega do documento. Não se esqueça de fazer o envio por uma transportadora de confiança que forneça o rastreamento do envelope, assim você pode acompanhar a entrega e se certificar de que o documento foi entregue. Nós sugerimos que o envio seja feito pela DHL ou pelo FEDEX.

Se ainda tiver tendo dificuldades para fazer seu atestado de vida, seja ele apostilado ou no Consulado, clique aqui e saiba mais sobre a assessoria Despachante 55.

Veja também